Portugal conquista terceiro lugar na Taça das Confederações

  Penálti de Adrien sela vitória portuguesa no prolongamento, depois de Pepe ter forçado o tempo extra com um golo aos 90+1

 

 

 

  Portugal conquistou o terceiro lugar na Taça das Confederações. O dia parecia destinado a não correr bem à equipa das quinas, tal o desperdício ao longo dos 90 minutos, mas Pepe, com um golo "in-extremis" nas compensações, forçou o prolongamento.

 

O México chegou à vantagem na segunda parte, aos 54 minutos, num autogolo do central português Neto. Ainda na primeira parte, André Silva falhou um penálti, aos 16 minutos, depois o juiz ter marcado o castigo máximo após recurso ao videoárbitro. Ochoa, guardião mexicano, defendeu o remate do jovem avançado e esteve em foco ao longo da partida.

 

Na outra baliza, Rui Patrício também voltou a estar em grande plano com intervenções decisivas.

 

O momento decisivo aconteceu aos 104 minutos, depois de Adrien ter convertido o penálti que castigou a mão na bola de Miguel Layún, jogador do F. C. Porto, após um lance com Gelson.

 

O cansaço das equipas veio ao de cima no prolongamento, que acabou ainda com duas expulsões, uma para cada equipa, Nélson Semedo e Raul Jiménez.

 

 

Fonte: JN
 
 
 
 
 

Copyright 2011 Portugal conquista terceiro lugar na Taça das Confederações. All Rights Reserved.
Joomla theme by artisteer review